Além

Cena 1:

– Este centro espírita é meio estranho.

– A ideia foi tua.

– Você viu que naquela salinha dá pra conversar com espírios?

– Conversar ou ouvir?

– Não sei.

– Ih, chegou tua vez.

Cena 2:

–       Vamos embora?

–       Mas já?

–       Levanta e vamos embora?

–       Mas eu sou a próxima.

–       Vamos embora pelo amor de Deus.

–       O que aconteceu? Você tá com medo? Te bateram?

–       O espírito veio conversar.

–       E te deu medo? E te bateu?

–       Pior.

–       O que pode ser pior do que ter medo ou apanhar de um espírito?

–       Era uma pessoa legal.

–       E dai?

–       Dai disse “ o que você precisa, minha filha”?

–       E dai?

–       Dai eu, com o meu senso apurado de dar gafe na hora certa disse: “não quero nada além de saúde, tô viva e do resto corro atrás.”

–       Não entendi.

–       Eu contei vantagem. Contei vantagem em cima de um morto. Disse: tô viva. Tipo: eu tô viva, cê tá morto.

–       É mesmo.

–       Tô mal.

–       Já posso rir?

* participacão de Livia Lira, que sabe que a vida é surreal.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Além

  1. paula liberatti disse:

    aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahahaha já vi a cena.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s