Não, obrigada

– Humm, cordeiro com carré de hortelã.

– Que é carré?

– Tipo um molho.

– Que nome estranho para molho.

– Mas não é molho, molho, é carré.

– Como vem?

– Líquido, mas com pedacinhos de hortelã.

– Parece bom.

– Quer?

– Não.

– Porque?

– Não como cordeiro.

– Melhor carne do mundo.

– De um bichinho que morre chorando.

– Mentira? Sério?

– Ah, não sei se morre chorando mas não parece? Hein?

– Que desagradável dizer isso.

– Me desculpe. Acho que tô um pouco bêbada.

– Você come lula.

– E dai?

– Lula é um bicho que morre melhor que cordeiro?

– Claro que sim.

– hahahaha

– Sério. Lula é um bicho mau.

– E cordeiro não?

– Cordeiro é bom.

– Vaca?

– Mau.

– Boi?

– Mau.

– Pato?

– Bom.

– Meu Deus, agradeço a graça alcançada.

– Que?

– Ser gay.

– Que tem a ver com a conversa?

– Não corro o risco.

– De que?

– De me apaixonar por você e ter que ter este tipo de conversa todo dia.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Não, obrigada

  1. Heitor disse:

    Esse foi DEMAIS. Estava sentindo falta dos posts ;D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s